Vai de férias? 4 dicas para não desperdiçar nenhum alimento



Durante o verão a tendência é passar-se menos tempo em casa – especialmente devido às férias, que costumam prolongar-se por semanas. Além dos dias serem maiores, é uma época em que é possível relaxar e passar mais tempo com a família e os amigos. Mas a ausência de stress e preocupações não invalida descurar as práticas sustentáveis que adotamos no dia a dia.

A Phenix, uma das marcas que combate o desperdício alimentar na Europa, partilha quatro dicas úteis para evitar o desperdício neste período:

Esvaziar o frigorífico
Os alimentos frescos, por norma, têm um prazo de validade mais curto do que a maioria dos outros produtos. Desta forma, tente consumir e reaproveitar o que tem no frigorífico antes de ir de férias.

Congelar alimentos que não vai usar para já Congelar é sempre uma boa opção uma vez que aumenta a durabilidade dos produtos alimentares. Se sabe que não irá consumir tudo o que tem no frigorífico, a tempo de uma longa viagem até ao destino das férias, congele! Alguns exemplos de produtos que podem ser congelados, não são tão óbvios, como o leite (congele em cubos e poderá refrescar o seu café mais tarde) ou as ervas aromáticas (faça cubinhos de azeite e ervas e congele para utilizar na confeção de pratos principais), mas este processo não só aumenta o prazo de validade dos alimentos, como acaba por ser bastante prático.

Levar comida de casa Lembra-se da regra do “First In, First Out”? Pois bem, é isso mesmo! Se comprou primeiro, faz sentido que consuma primeiro. Se tem comida em casa que deverá ser consumida nos próximos tempos, como por exemplo alimentos secos ou conservas, e se a viagem permitir o devido acondicionamento, porque não levar para as férias ao invés de comprar de novo no destino?

Não comprar demasiada comida Muitas das vezes, existe a tendência para exagerar na compra de alimentos durante as férias. Neste sentido, faça uma lista do que acha que vai precisar, não vá ao supermercado com fome e tenha sempre em consideração as quantidades, de forma a evitar que haja desperdício.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.