Veículo eléctrico brasileiro realizou a maior viagem de sempre

Um veículo eléctrico produzido em Itaipu, na Foz do Iguaçu, terminou esta sexta-feira a maior viagem de sempre, em todo o mundo, feita por um automóvel 100% eléctrico. O protótipo, que foi baptizado VE (na foto), percorreu as três Américas, num total de mais de 20 mil quilómetros percorridos.

A viagem teve início no dia 9 de Abril em Los Angeles, nos Estados Unidos, e foi coordenada pelo jornalista Paulo Rollo, especializado no sector automóvel. Durante estes mais de quatro meses, o jornalista percorreu 15 países: México, Nicarágua, Costa Rica, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Paraguai e Argentina.

O ponto final da expedição foi o Brasil, no local onde o veículo foi desenvolvido, o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Montagem de Veículos Movidos a Electricidade, em Itaipu.

De acordo com o Planeta Sustentável, a equipa pretendia andar perto de 25 mil quilómetros, mas a expedição teve de ser encurtada porque as estradas de uma das regiões que constavam no roteiro automóvel, a Patagónia, estavam cobertas por gela e cinzas de um vulcão, o que inviabilizou a passagem do carro.

De acordo com a equipa de Paulo Rollo, o VE excedeu as expectativas iniciais de desempenho, tendo passado nos testes de resistência, inclusive com más condições climatéricas – as temperaturas variaram entre os 47ºC, no México, e os -15º, no norte chileno.

Assim, as maiores dificuldades foram mesmo a baixa qualidade dos pisos em alguns dos percursos do roteiro e, sem surpresa, a falta de tomadas ao longo o trajecto. É que a mobilidade eléctrica ainda não passa de ficção científica em muitas das regiões percorridas pelo VE. A tal ponto que, de acordo com o jornalista, a equipa chegou a pediu ajuda, diversas vezes, a proprietários de casas residenciais e padarias, para utilizar as suas tomadas e recarregar a bateria do veículo para seguir viagem.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php