odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Tag Archive | "japão"

Governo japonês quer reactivar centrais nucleares até ao final do ano


O Governo nipónico recebeu luz verde das entidades reguladoras de energia nuclear para terminar com o período “nuclear zero”, que foi decretado na sequência do desastre radioactivo ocorrido na central de Fukushima, em 2011. Os objectivos do Governo liderado por Shinzo Abe passam agora por ter dois reactores da central de Sendai em funcionamento antes do final de 2014.

Contudo, o regulador indicou que para que os reactores reentrem em funcionamento é necessário que o operador da central convença a população local que a retoma da produção nuclear é segura. Mas a tarefa não será fácil, já que a opinião pública japonesa está agora ciente dos perigos inerentes à energia nuclear e posiciona-se fortemente contra a reactivação dos reactores das várias centrais do país.

Embora os objectivos governamentais passem pela reactivação dos reactores antes do final do ano, tal será pouco provável. A Kyushu Electric Power, empresa que opera a central de Sendai, carece ainda de completar alguns trâmites legais e de segurança com o regulador nuclear, refere o Inhabitat.

A central de Sendai foi a primeira a apresentar ao regulador as novas medidas adicionais de segurança, que visam reduzir o impacto de sismos e tsunamis nos reactores. No total, foi já pedida a reactivação de 20 reactores nucleares em dez centrais distintas.

Foto: Greenpeace Australia Pacific / Creative Commons

Publicado em Ambiente, PolíticaComments (1)

Japão vai ter a maior central fotovoltaica flutuante do mundo


A empresa japonesa de cerâmica e electrónica Kyocera anunciou esta semana a construção daquela que será a maior central fotovoltaica flutuante do mundo.

A fase inicial do projecto compreende a construção de duas estruturas flutuantes separadas nos reservatórios de Nishira e Higashihira, em Kato. A energia gerada por estas duas estruturas fotovoltaicas será suficiente para alimentar 920 casas e será vendida à eléctrica local.

As duas estruturas flutuantes fazem parte de um projecto mais alargado da Kyocera para instalar painéis fotovoltaicos em vários reservatórios de todo o Japão, totalizando no final de Março de 2015 uma capacidade instalada de 60 megawatts.

O desenvolvimento e implantação da maior central fotovoltaica flutuante do mundo vai ser feito em parceria com uma outra empresa, a Century Tokyo Leasing, que vai financiar as instalações, ao passo que a Kyocera vai ficar encarregada do processo de produção, instalação e manutenção das estruturas, refere a Edie Water.

A Índia anunciou também já este ano a intenção de construir uma grande central fotovoltaica flutuante, que terá uma capacidade instalada de 50 megawatts.

 

Publicado em Energias RenováveisComments (0)

Caçadores podem matar 2.000 cetáceos este ano em Taiji


A caça anual de golfinhos em Taiji, Japão, deverá arrancar este ano a 1 de Setembro. O governo local já publicou as quotas de caça permitidas – cerca de 1.938 golfinhos e baleias que podem ser mortos ou capturados.

Os números divulgados pelo governo japonês permitem a caça e abate de sete espécies diferentes no local que ficou conhecido como “A Enseada”, devido ao documentário com o mesmo nome que expôs a caça praticada nesta região japonesa.

Depois de encurralados na enseada, parte dos cetáceos é abatida e a sua carne vendida para consumo, mas a maioria dos animais é vendida a parques e aquários de todo o mundo. Em 2013, foram exportados 78 golfinhos vivos para o Vietnam (5), Coreia do Sul (6), Rússia (15), Ucrânia (20) e China (32). Os golfinhos renderam cerca de pouco mais de €2 milhões, refere o Dodo.

Actualmente, existem cerca de 99 parques marinhos que possuem animais caçados em Taiji. O grupo Ceta-Base criou um mapa interactivo que mostra os parques marinhos que compram animais directamente de Taiji e também outros parques que detêm cetáceos que foram caçados.

As quotas de morte disponibilizadas pelo Governo nipónico são as seguintes:

Baleia-piloto de barbatana curta: 114

Golfinho riscado: 450

Golfinho roaz: 509

Golfinho-de-risso: 261

Falsa-orca: 70

Golfinho-de-laterais-brancas-do-pacífico: 134

Golfinho-pintado-tropical: 400

Foto: kservick / Creative Commons

Publicado em Biodiversidade, Recursos NaturaisComments (0)

Japão: cão toma conta de quiosque (com FOTOS)


Depois de lhe termos mostrado o Maru, o cão mais sorridente do Japão e talvez até do mundo, apresentamos-lhe outro shiba inu, também do Japão, que toma conta de um pequeno quiosque e abre mesmo a janela do espaço para atender os clientes.

O quiosque, chamado Suzuki, fica localizado em Tóquio e é uma atracção para turistas e clientes regulares, que procuram a loja para comprar pequenos snacks ou tabaco, mas também para ver e fazer festas ao adorável guarda da loja.

Conheça aqui este lojista canino que ajuda o seu dono nas tarefas do quiosque.

 

Publicado em CulturaComments (0)

Macacos da região de Fukushima com componentes anormais no sangue


Os macacos da região de Fukushima estão a apresentar anomalias na composição sanguínea que estarão ligadas ao acidente radioactivo ocorrido em 2011, na central nuclear. De acordo com um novo estudo, os macacos japoneses estão a apresentar níveis mais baixos que os normais na contagem de glóbulos brancos e vermelhos e de hemoglobina. Os investigadores alertam que esta contagem anormal pode tornar a espécie mais susceptível a doenças infecciosas.

Além da baixa quantidade de glóbulos, os primatas apresentam ainda césio radioactivo no sangue. Os cientistas compararam 61 macacos que vivem a 70 quilómetros de Fukushima com 31 macacos que vivem na península de Shimokita, a mais de 400 quilómetros da central nuclear, refere o Guardian.

Os macacos de Fukushima tinham uma baixa contagem de glóbulos e a presença de césio. Os macacos de Shimokita tinham uma contagem sanguínea normal e não foi detectada a presença de césio radioactivo nos seus organismos.

De acordo com Shin-ichi Hayama, professora na Nippon Veterinay and Life Science University, em Tóquio, durante o Inverno os macacos japoneses alimentam-se de cascas e folhas de árvore, locais onde o césio se acumula em concentrações elevadas. Como tal, o especialista indica que são necessário mais estudos para realmente comprovar de que forma a radioactividade de Fukushima está a interferir com a saúde dos macacos japoneses da região.

Foto:  precipices / Creative Commons

Publicado em BiodiversidadeComments (0)

Ukai: a pesca tradicional japonesa que utiliza o corvo-marinho (com FOTOS)


No rio Nagara, no Japão, é praticado um tipo de pesca tradicional com mais de 1.300 anos, o Ukai. Este tipo de pesca recorre ao uso de corvos-marinhos que pescam os peixes, que posteriormente são vendidos pelos mestres pesqueiros.

Os corvos-marinhos que são utilizados nesta pesca ancestral são escolhidos pelos mestres e transportados pelo rio dentro de cestas tradicionais. Uma vez no rio, é atado um cordel ao pescoço do corvo, para impedir que este engula o peixe que pesca.

Os mestres do Ukai do rio Nagara fazem parte da equipa da Agência da Casa Imperial do Japão desde 1890. Oito vezes por ano, seis mestres imperiais pescam para a família imperial nipónica.

Chris McGrath é fotógrafo da Getty Imagens no Japão e tem-se dedicado à documentação deste tipo de pesca milenar. O Guardian publicou agora algumas das suas imagens. Fique a conhecer mais sobre esta técnica de pesca aqui.

Publicado em CulturaComments (0)

Recomendações

Blogroll