Brasil vai criar o primeiro santuário para elefantes da América Latina

O Brasil vai construir o primeiro santuário para elefantes da América Latina e os três primeiros habitantes vão ser elefantes de circo reformados, que vão agora poder passar o resto dos seus dias em liberdade.

“A ideia é construir o espaço semelhante ao Elephant Sanctuary no Tennessee, nos Estados Unidos”, explicou Junia Machado, presidente da organização Santuário de Elefantes Brasil, responsável pelo projecto, ao Folha de S. Paulo.

O espaço deverá ser inaugurado no próximo ano e fica localizado no estado do Mato Grosso. O terreno adquirido para o novo santuário, com cerca de 1.100 hectares, fica numa área florestal, perto do parque turístico da Chapada dos Guimarães.

Os primeiros habitantes do santuário são três elefantes fêmea: Ramba, Guida e Maia. Ramba é um elefante asiático com 50 anos e passou décadas em circos da Argentina e do Chile. A vida do entretenimento deixou-a com cicatrizes, abcessos e um problema renal crónico. Guida e Maia têm ambas 40 anos e vivem desde 2011 numa quinta do Paraguai depois de terem deixado o circo.

O santuário poderá acolher até 50 elefantes, que não procriaram. O centro também não vai estar aberto para visitas. “Queremos que estes animais encontrem paz e não existe maneira de as pessoas os verem sem que eles percam a sua liberdade”, indica Junia Machado.

Foto:  Piet Grobler / Creative Commons