Sabia que o tamanho dos animais domésticos aumentou ao longo dos tempos?



O tamanho padrão dos animais domésticos que hoje nos são familiares nem sempre foi o mesmo ao longo dos tempos. De acordo com um novo estudo da Universidade do País Basco, Espanha, os animais foram-se tornando maiores ao longo dos tempos, até atingirem o tamanho que têm hoje em dia.

O estudo, publicado no Journal of Archaeological Science, analisou dados métricos recolhidos de ossadas de animais domésticos – como a vaca, a ovelha e o porco – encontrados em achados arqueológicos por toda a Península Ibérica. No total, foram analisadas mais de 2.500 ossadas, provenientes de 41 achados, que remontam desde a época romana até à actualidade.

A análise do tamanho dos ossos dos animais domésticos revelou que estes sofreram alterações no tamanho padrão ao longo da história, dependendo dos ecossistemas em que se inseriam. “O aumento do tamanho dos animais está normalmente relacionado com melhorias do meio onde se inserem (melhores condições alimentares) ou com alterações genéticas”, indica Idoia Grau Sologestoa, investigadora principal do estudo.

De acordo com a cientista, o maior tamanho dos animais traduziu-se numa série de vantagens económicas – maior força de tracção e mais produtividade e mais quantidade de carne.
O estudo revela ainda que nos primeiros anos depois da queda do Império Romano o tamanho dos animais não sofreu alterações significativas. Porém, entre os séculos VIII e IX, o tamanho dos animais domésticos alcançou um mínimo padrão. A partir do fim da Idade Média o tamanho foi aumentando progressivamente, especialmente o das ovelhas.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.