A OPENBOOK Architecture, atelier português de arquitectura acaba de somar mais uma vitória para o seu portfolio tendo conquistado o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2018 (PNRU) na categoria Comercial & Serviços, para um dos seus mais recentes e emblemáticos projectos – a sede da Abreu Advogados.

Lançado numa altura em que o investimento em novos escritórios na cidade de Lisboa era praticamente inexistente, o novo edifício sede da Abreu é a materialização de uma ideia nascida no final de 2013 e que surgiu da vontade comum de três entidades: a Fidelidade Property (promotora), a Abreu Advogados (ocupante/ inquilino) e a OPENBOOK Architecture (projectista).

Construída em pouco mais de um ano, a nova sede da Abreu Advogados destaca-se como um projecto de referência do novo ciclo de mercado em Lisboa. Pelo pontapé de saída à reabilitação de edifícios de escritórios na frente ribeirinha oriental de Lisboa, assumindo-se como um projecto âncora para o processo de regeneração em curso na zona de Santa Apolónia, situando-se mesmo de frente para o rio e para o novo terminal de cruzeiros.

Para Paulo Jervell, arquitecto da OPENBOOK, “esta distinção e reconhecimento da nova sede da Abreu Advogados através da atribuição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, vem certificar o carácter pioneiro, arrojado e inovador deste projecto com a marca da OPENBOOK Architecture”. Acrescenta ainda que, “para o nosso atelier representa mais uma conquista meritória para as equipas envolvidas neste ambicioso projecto, para o qual foi necessária uma elevada exigência e competência técnica. É precisamente esta distinta qualidade arquitectónica que caracteriza os nossos projectos ao longo dos mais de 10 anos de actividade da OPENBOOK Architecture”.

Através do inovador conceito de Office Brandchitecture preconizado pela OPENBOOK, acompanhando a identidade da marca/empresa e incorporando-a na íntegra na sua visão do espaço a ser intervencionado, este atelier distingue-se pelo seu já vasto portfolio corporativo enriquecido com o desenvolvimento e entrega de importantes projectos de referência nacional e internacional, de que são exemplos, a criação do Deloitte HUB, os novos escritórios da Everis e da VdA – Vieira de Almeida, o representativo edifício para a NOKIA Conhecimento e ainda a nova sede da KPMG, em fase de desenvolvimento.

Entre os 10 vencedores que integraram a sexta edição do PNRU foram distinguidos projectos de Lisboa, Porto, Matosinhos, Marco de Canaveses e Arouca. O PNRU é uma iniciativa da Vida Imobiliária e da Promevi que distingue as intervenções urbanas de maior valia para a sociedade nas suas múltiplas valências. O PNRU conta com o Alto Patrocínio do Governo de Portugal, concedido através da Direcção Geral do Património Cultural, entidade tutelada pelo Ministério da Cultura.

Foto: OPENBOOK Architecture