Agricultores açorianos recebem 20 milhões de euros de apoios comunitários em setembro

O Governo dos Açores vai pagar em setembro cerca de 20 milhões de euros de apoios comunitários aos agricultores da região, anunciou hoje o secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Depois de uma reunião com o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, o secretário regional, António Ventura, anunciou que os agricultores açorianos vão receber 85% do apoio do programa comunitário Prorural+ em setembro.

“Viemos trazer o anúncio de que vão ser pagos em setembro 85% dos apoios relacionados com o Prorural+”, declarou o secretário regional do executivo de coligação PSD/CDS-PP/PPM.

António Ventura especificou que este apoio surge no âmbito das “medidas agroambientais” e das “antigas indemnizações compensatórias”, incluídas no Prorural+.

O governante falava aos jornalistas na sede da Associação Agrícola de São Miguel, em Santana, na Ribeira Grande.

O Prorural+ é o programa de desenvolvimento rural da Região Autónoma dos Açores, que é financiado pelo Fundo Europeu Agrícola de desenvolvimento Rural (FEADER).

António Ventura avançou ainda que a portaria para a reconversão das explorações de produção de leite em carne de bovino, que terminou a 30 de julho, vai ser prorrogada até 01 de setembro.

O secretário regional disse não ter o “apuramento de quantos produtores aderiram” à reconversão até ao momento, mas reconheceu que “adesão não tem sido elevada”.

“Não é fácil ser produtor de leite em Portugal e nos Açores. Nós temos o preço mais baixo pago de toda a Europa. Portanto, os produtores precisam de tempo para definir a sua orientação”, assinalou.

O governante revelou ainda que, até ao final do ano, vai ser aberto “um período de candidaturas de apoio” às explorações e projetos de investimento de jovens agricultores, sendo que o orçamento para o programa “ainda está a ser trabalhado”.

Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.