Cascais cria “Visto ODS” para propostas submetidas a Reunião de Câmara

A Câmara Municipal de Cascais acaba de criar o Visto ODS, uma ferramenta que categoriza todas as propostas submetidas, de forma a alinhar as deliberações camarárias com a sua contribuição para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) e a colocar estes objetivos no centro de toda a decisão e ação da Câmara.

O concelho de Cascais foi o primeiro a assumir, em 2017, o compromisso dos ODS da ONU. Os objetivos 2, 4, 5, 6, 7, 8, 11, 12, 13, 15 e 17, foram os eleitos como moldura de trabalho por serem os que estão mais alinhados com a estratégia do Executivo, tanto ao nível de mitigação de vulnerabilidades, como de desenvolvimento e criação de contexto de prosperidade social, económica e ambiental.

O Visto ODS entrou em funcionamento ontem, dia 7 de junho, Dia do Município. Este será operacionalizado através do preenchimento obrigatório do novo campo “ODS” no Portal do Executivo, aquando da submissão da proposta a Reunião de Câmara.

É no seguimento do seu contributo para a Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, que as Nações Unidas, através do município de Nova Iorque, convidou Cascais apresentar o seu VLR (Relatório Local Voluntário) sobre a localização dos ODS no seu território. Cascais será, assim, o primeiro município em Portugal a submeter um VLR às Nações Unidas.

Neste contexto, Cascais assume também o compromisso de organizar um fórum municipal com todas as partes interessadas do concelho, no sentido de disseminar os ODS e partilhar conhecimento e boas práticas de sustentabilidade.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...