Descoberto primeiro caso de Osteosarcoma num dinossauro

O Osteosarcoma é um cancro primário nos ossos que afeta 3 em 4 pessoas em um milhão por ano, com maior frequência de aparecimento no tecido ósseo perto do joelho.

Uma equipa de investigadores da Universidade de McMaster no Canadá descobriu recentemente que um dinossauro adulto da espécie Centrosaurus apertus tinha um cancro ósseo, denominado Osteosarcoma, no osso da perna. O estudo foi publicado na Science Direct, e o fóssil foi encontrado há 30 anos em Alberta, no Canadá, tendo mais de 76 milhões de anos.

Após feito um diagnóstico idêntico ao de um paciente humano com um tumor desconhecido, e posterior análise ao fóssil, comparando a fíbula de um dinossauro saudável da mesma espécie e a de um ser humano com a doença, chegou-se a essa conclusão. Este é o primeiro caso documentado no mundo, de um dinossauro com este tipo de tumor malígno.

Seper Ekhtiari, um dos autores do estudo, afirma “Esta descoberta relembra-nos da ligação biológica comum que existe no reino animal e reforça a teoria que o Osteosarcoma tende a afetar os ossos quando e onde estes estão a crescer mais rapidamente”.

A investigação vai ajudar os cientistas a compreender melhor a evolução das doenças e a sua ligação entre espécies, sugerindo em simultâneo, que existem mais casos como este que ainda não foram analisados.

 

Fonte: The Independent

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...