Eurogroup: Eficiência energética será alavanca do sector da construção

O mercado da eficiência energética é uma alavanca para o crescimento do sector da construção e dos edifícios, sendo paralelamente uma oportunidade para o desenvolvimento de segmentos como o dos materiais de construção, equipamentos e energia eléctrica.

Esta é uma das principais conclusões de um estudo da Eurogroup Consulting, revelado na sexta-feira. De acordo com a consultora, a análise “foca o tema da eficiência energética no sector da construção”, uma vez que esta é uma das áreas que mais consome energia e na qual se verifica um valor elevado de emissão de gases com efeito de estufa.

O estudo revelou que, na maioria dos países da União Europeia, o sector da construção é dos que mais consome energia, sobretudo no sector residencial, que representa dois terços do consumo total. O aquecimento, a iluminação e os electrodomésticos da cozinha são os que mais consomem energia.

Outra das justificações para a importância futura da eficiência energética é o facto do consumo médio de electricidade ter subido para mais do dobro ao longo dos últimos 30 anos. O aumento do parque habitacional e o crescimento dos usos específicos relacionados com o aumento dos equipamentos domésticos são vistos como responsáveis por este crescimento da factura energética.

Também no sector dos materiais de construção de edifícios – explica ainda a Eurogroup – as novas exigências ambientais levam as empresas a procurar formas alternativas de construção. A eficiência energética e a redução do consumo de energia, recorde-se, é uma das prioridades da União Europeia para 2020, assumindo-se necessariamente o sector da construção como um dos principais para a poupança futura de energia.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...