com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

INDAQUA está a desenvolver novo projeto para tornar as ETAR mais eficientes

O Grupo INDAQUA está a desenvolver um projeto que procura, através da inteligência artificial, tornar mais eficiente o tratamento de águas nas Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

Pretende-se que a nova solução, por meio do reconhecimento avançado de padrões, promova a capacidade de as equipas operacionais gerirem os processos de tratamento de forma automática e inteligente, em tempo real, tratando anomalias e identificando desvios e situações críticas proactivamente.

Nesta primeira fase o projeto conta com um investimento próximo dos 100 mil euros, que se vai estender até 2022, e a ideia é que a nova ferramenta permita reduzir os consumos de energia e reagentes, a produção de resíduos, tal como aumentar a segurança nos processos de tratamento das águas residuais.

A INDAQUA tem desenvolvido nos últimos cinco anos dez projetos na área da Investigação & Desenvolvimento. Como explica Pedro Perdigão, CEO do Grupo, “Estes projetos reforçam a aposta em inovação que a INDAQUA faz, de forma transversal, em todas as suas áreas de operação. Concretamente, estas iniciativas levam, com investimentos controlados, ao desenvolvimento e aplicação de novos mecanismos que, através da tecnologia, permitem monitorizar melhor e operar de forma mais eficiente as redes de águas residuais e de abastecimento de água”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...