Mercadona consolida modelo de logística sustentável

A Mercadona acaba de consolidar o seu modelo de logística sustentável depois de 25 anos de relação com a Logifruit, fornecedor Totaler de logística e pioneiro na introdução de paletes de plástico laváveis, reutilizáveis e recicláveis, assim como as caixas dobráveis utilizadas para a distribuição alimentar em Espanha.

Graças ao seu compromisso com a otimização constante de recursos, a empresa conseguiu melhorias logísticas importantes, entre elas, a conversão de caixas rígidas em caixas dobráveis – numa caixa rígida passaram a ser transportadas três caixas dobráveis – , que levou à redução de 96.710 percursos de camião, resultando num menor consumo de combustíveis e de emissões de dióxido de carbono (CO2) para a atmosfera.

A Logifruit trabalha seguindo as premissas da política de economia circular promovida pela UE (Redução, Reutilização, Reparação e Reciclagem de embalagens em fim de vida útil), utilizando os recursos de forma eficiente e favorecendo a permanência dos materiais no ciclo produtivo o maior tempo possível. Cada caixa ou palete, após cada ciclo de utilização, regressa ao armazém e entra num processo automatizado de limpeza e desinfeção que garante a sua segurança e higiene.

O seu sistema de trabalho eficiente e sustentável procura potenciar ao máximo as matérias-primas e alcançar o desperdício zero.Estas caixas reutilizáveis permitem mais de 120 utilizações, são reparáveis e 100% recicláveis, o que beneficia todos os elos da cadeia de abastecimento: produtor, distribuidor e ponto de venda. Torna-se assim possível economizar mais de 180 mil toneladas por ano em materiais de utilização única.

O sistema funciona também graças à logística inversa e à chamada “Estratégia do Oito”, cujo objetivo é não “transportar ar”, ou seja, pretende-se que os camiões nunca viajem vazios, evitando assim viagens desnecessárias e conseguido um menor impacto no meio ambiente.

Margarita Muñoz, diretora de Responsabilidade Social da Mercadona, afirma “Há muito tempo que apostamos num modelo de logística sustentável que contribua para reduzir o impacto ambiental da nossa atividade. (…) Estamos cada vez mais convencidos da necessidade de continuar a cuidar do planeta e de promover iniciativas e modelos sustentáveis como o da Logifruit, que também garante a segurança alimentar das embalagens, a ergonomia e a eficiência no transporte”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...