Mês e época do ano em que nascemos afecta riscos de alergia

A época do ano em que nascemos afecta e influência vários aspectos da nossa vida, desde o risco de doenças alérgicas, altura e até os anos que iremos viver. Segundo a Universidade de Southampton, no Reino Unido, o dia em que viemos ao mundo pode estar ligado com o risco de sermos afectados por alergias numa fase mais adiantada da nossa vida.

Publicado no jornal Allergy, o estudo utilizou uma digitalização epigenética em amostras da DNA de um grupo de jovens de 18 anos da Ilha de Wight, Reino Unido. Os cientistas descobriram que determinadas marcas epigenéticas foram associados à época em que cada um nasceu e ainda estavam presentes depois de estes cidadãos completarem 18 anos.

Os pesquisadores foram capazes, inclusive, de vincular essas marcas epigenéticas a doenças alérgicas. Eles descobriram, por exemplo, que os nascidos no outono tiveram um aumento do risco de eczema, em comparação com aqueles que nasceram na Primavera.

“Estes resultados são verdadeiramente interessantes. Sabemos que a época de nascimento tem um efeito nas pessoas durante toda a sua vida. Por exemplo, quem nasce no Outono e Inverno tem um risco maior de doenças como asma. Mas, até agora, não sabíamos que estes efeitos poderiam ser tão duradouros”, explicou ao Treehugger John Holloway, professor de Allergy and Respiratory Genetics na Universidade de Southampton e autor do estudo.

“As marcas epigenéticas estão ligadas ao DNA e podem influenciar a expressão genética – o processo no qual genes específicos são activados para produzir uma proteína adequada –  durante anos”, continuou Holloway.

Ainda assim, segundo o investigador, os futuros pais não são aconselhados a mudar o timing de gravidez devido a estes resultados. “Pode parecer um horoscópio das estações do ano, mas agora temos provas científicas sobre como este horoscópio pode funcionar. A época em que nascemos tem influência em várias coisas, pelo que as marcas epigenéticas descobertas neste estudo podem potencialmente ser o mecanismo para outras doenças influenciadas pelas estações do ano – e não apenas a alergia”, concluiu Gabrielle Lockett, também da Universidade de Southampton.

Foto: Jeroen / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php