Vem aí a nova Famel E-XF 100% elétrica



A mítica Famel XF-17, também conhecia como Zundapp, está de volta: após 47 anos do seu primeiro lançamento, surge agora com um novo conceito e modelos únicos. A nova E-XF é 100% elétrica e 100% portuguesa, e poderá ser vista pela primeira vez esta semana, de 5 a 8 de maio, na Expomoto, em Matosinhos.

A Famel presenta-se agora um novo logótipo e um novo conceito de motas elétricas. Depois de falir em 2022, a marca foi relançada em 2017, tendo vindo a desenvolver o novo modelo desde então. “Foi um processo longo, porque queríamos garantir não só a qualidade do produto final, mas também a fidelidade ao modelo que encantou os fãs da marca durante décadas. Estamos muito satisfeitos com o resultado”, explica Joel Sousa, (re)fundador da Famel.

A E-XF tem dois modelos, a Café Racer, que dá para apenas um ocupante, e a Clássica, que dá para dois, podendo ambas vir em duas versões equivalentes a cilindradas de 50 e de 125 centímetros cúbicos, com preços estimados entre os 4.499 euros e os 5.899 euros. O modelo de 50 cc tem uma autonomia estimada de 70 km – podendo ir aos 120 km com uma segunda bateria – e o de 125 cc, com duas baterias, tem autonomia estimada de 120 km. O carregamento tem um custo inferior a 1 euro, variando consoate a tarifa de eletricidade, e demora cerca de 5 horas.

Ambos os modelos, na sua versão 125, têm também a versão exclusiva e limitada de Embaixador, numerada de 1 a 300 e com detalhes de design únicos, que serão as primeiras a ser entregues no primeiro trimestre de 2023. A entrega das restantes está prevista para o segundo trimestre. Esta versão tem um valor total estimado de 5.499 euros e o valor de pré-encomenda é de 600 euros, sendo que, as reservas realizadas na Expomoto, terão um desconto de 10% no valor total da mota, com a reserva feita numa landing page própria disponibilizada no evento, que pode também ser consultada em www.famel.pt .



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.