Reserva Natural das Berlengas com novas restrições de acesso



As visitas à Ilha da Berlenga, situada a 10 quilómetros de Peniche, vão passar a ser, a partir de 1 de junho, mais restritas. As novas medidas têm como objetivo proteger e preservar os habitats e as espécies da Reserva Natural das Berlengas, área protegida desde 1981.

A informação foi anunciada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), que revela que, para visitar a ilha, terá de ser feito um registo prévio na plataforma Berlengas-Pass e efetuado o pagamento da taxa de acesso e permanência. Esta taxa é de 3 euros diários, por pessoa, sendo que o valor tem uma redução de 50% para os visitantes entre os 6 e os 18 anos, e com mais de 65 anos. Existem ainda exceções a este pagamento, nomeadamente a trabalhadores e residentes sazonais habituais, que podem ser consultadas na Portaria n.º 19/2022, de 5 de janeiro.

Quanto à capacidade limite, “foi fixada até ao limite máximo de 550 pessoas em simultâneo, não incluindo agentes da autoridade no âmbito de intervenções relativas à segurança pública e outros”, esclarece o ICNF.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.