World Green Building Council quer que todos os edifícios produzam zero emissões em 2050

A World Green Building Council (WGBC) é uma organização que impulsiona a sustentabilidade no mercado da construção civil. A sede localiza-se nos Estados Unidos da América, mas a Organização já conta com Conselhos em mais de 70 países, como na Índia, Suécia, Espanha e França.

O projeto global da WGBC “Advancing Net Zero” quer descarbonizar o setor da construção na totalidade até 2050. Segundo o seu Relatório Global de 2017, mais de 36% das emissões de dióxido de carbono provêm de edifícios, e até 2060, mais de 2 mil milhões vão ser construídos.

A Organização quer que os edif definição para um edifício com carbono zero líquido é um edifício altamente eficiente em termos energéticos, totalmente alimentado por fontes e compensações de energias renováveis no local e / ou fora dele.

destaca quatro pontos chave, para essa mudança, que exige um plano de estratégia e várias metas definidas previamente, que garantam a sua eficiência e energia proveniente de fontes renováveis; São eles, medir e divulgar as emissões de carbono, reduzir o consumo de energia, gerar equilíbrio a partir de fontes renováveis, e melhorar a verificação e o rigor.

Segundo o Green Biz, cerca de 61 empresas e 28 cidades já se inscreveram nesta iniciativa, comprometendo-se até 2030. O Estado da Califórnia, por exemplo, aceitou implementar o desafio em 16 milhões de edifícios.

A empresa Salesforce foi uma das primeiras a assinar o compromisso em 2018, como é possível ver na sua recente construção da Torre de Dublin, e todos as que se seguirem vão ter por base essa meta de zero emissões.

O projeto ainda não está em Portugal mas espera-se que venha a existir num futuro próximo.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...