odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Tag Archive | "Biodiversidade"

Cientistas descobrem o dinossauro mais solitário da Terra


Durante muitos anos, a comunidade científica acreditou que a maior parte das espécies de dinossauros extinguiram-se no final do Período Cretáceo. Contudo, fósseis descobertos recentemente indicam que pelo menos uma espécie de dinossauro conseguiu sobreviver à grande catástrofe.

Chamada de Lienkupal laticuada, que significa “família desaparecida”, pensa-se que esta tenha sido a última espécie destes grandes animais a desaparecer, mesmo depois da grande extinção em massa. Os fósseis desta nova espécie de dinossauro foram descobertos num local onde numa outra espécie foi encontrada, refere o Inhabitat.

Este novo dinossauro faz parte do grupo de saurópodes chamados diplodocídeos, herbívoros de grande porte e, provavelmente, os maiores animais que já pisaram a Terra. Embora este grupo tenha desaparecido no final do Cretáceo, o grupo de oito fósseis encontrado sugere que este dinossauro em particular pode ter sobrevivido à extinção em massa. Se tal se vier a confirmar, será o primeiro dinossauro a viver na Era Mesozóica.

Os fósseis foram descobertos na região da Patagónia, embora os cientistas pensassem que este grupo de dinossauros estava confinado à América do Norte. A descoberta é particularmente interessante uma vez que abre portas para uma melhor percepção de como os dinossauros se distribuíram pelo planeta e de como desapareceram depois da grande extinção e das alterações climáticas.

Publicado em Alterações ClimáticasComments (1)

Como os pequenos peixes fogem aos seus predadores (com FOTOS)


Centenas de milhares de peixes movem-se como um único, formando um gigantesco redemoinho à volta de um grupo de mergulhadores na Gruta do Diabo, nas Ilhas Caimão, Caraíbas.

As magníficas fotografias foram tiradas pela belga Ellen Cuylaerts, de 44 anos, durante uma viagem de vários mergulhadores a esta célebre gruta. As fotos falam por si: o cardume cria uma espécie de onda de luz prateada, nadando dentro de cavernas subaquáticas da gruta.

O pequeno peixe acredita na força dos números, confundindo os predadores enquanto nada como uma grande onda.

“Todos os anos, os predadores e mergulhares esperam pela chegada destes peixes. Mas, ao nadarem em uníssono, eles conseguem escapar e tornar a onda cada vez maior”, explica Ellen, que reside nas Ilhas Caimão.

Todos os anos, milhões de pequenos peixes chegam à costa das Caimão, entre Junho e Agosto. com um tamanho entre os 2,5 e os 10 centímetros, estes peixes têm de se esconder em grutas até terem uma dimensão suficiente para sobreviverem sozinhos.

Publicado em BiodiversidadeComments (0)

Cães são quatro vezes mais eficientes a detectar o cancro da próstata


Os cães são quase quatro vezes mais eficientes na detecção do cancro da próstata que os métodos tradicionais. Os Cães de Detecção Médica identificaram a doença com precisão em 90% dos casos, revela um novo estudo. Por contraste, os testes tradicionais indicam frequentemente falsos positivos – três em casa quatro resultados positivos revelam-se posteriormente negativos, mas acabam por resultar em testes invasivos desnecessários.

Os cães treinados para a detecção do cancro conseguem identificar as células cancerígenas em amostras de urina. Estes animais são treinados numa organização sem fins lucrativos do Reino Unido.

Ao longo dos anos, vários milhares de euros foram investidos para financiar o desenvolvimento dos testes de detecção cancerígena convencionais. Contudo, foram poucas as melhorias registadas. “Houve um grande gasto de recursos, sem mencionar o stress causado nos pacientes. Além disso, os cães detectores são uma alternativa que apresenta resultados satisfatórios de forma consecutiva”, afirma Claire Guest, directora da associação que treina os animais.

“Os cães conseguem detectar o cheiro numa diluição de uma parte por milhão. O seu olfacto superior é reconhecido. Porquê então a relutância em abraçar esta tecnologia comprovada?”, indaga Guest. Contudo, com o passar do tempo, esta nova tecnologia de detecção do cancro da próstata está a ganhar maior interesse e a associação foi já convidada pela Câmara dos Lordes do parlamento britânico a apresentar o trabalho.

Publicado em Vida SaudávelComments (0)

Homem pesca estranha lagosta bicolor


Ben Murdock, pescador de lagostas e capitão de uma pequena embarcação de pesca, capturou uma estranha lagosta bicolor na última semana perto da Ilha Monhegan, no Maine, Estados Unidos.

O animal era dividido verticalmente em duas cores: o laranja, característico dos crustáceos, e preto. Porém, Murdock não guardou o animal bizarro. A lagosta não possuía o tamanho mínimo estipulado por lei para que pudesse ser pescada e comercializada. Seguindo as normas, o pescador voltou a atirar o animal ao mar. “Não interessa o quão raro era o animal. Um bom pescador de lagostas atira ao mar lagostas ilegais”, afirmou ao Huffington Post Kyle Murdock, irmão do pescador.

No último ano, o Instituto de Investigação do Golfo do Maine indicou que apenas uma em cada 50 milhões e lagostas são bicolores. A lagosta pescada por Murdock não é bicolor simetricamente. Na parte inferior, o animal apresenta as duas cores distribuídas de forma simétrica mas, à medida que se sobe no dorso, as cores deixam de estar divididas de igual forma.

Publicado em BiodiversidadeComments (0)

Casal homossexual de pinguins adopta cria abandonada (com FOTOS)


Um casal homossexual de pinguins-de-humboldt macho adoptou uma cria abandonada por um outro casal, sendo os pais mais dedicados que o Jardim Zoológico do Kent, no Reino Unido, tem.

Os pinguins, Jumbs e Kermit, adoptaram um ovo que uma fêmea de pinguim abandonou para procurar comida. O parceiro desta fêmea recusou-se a chocar o ovo e, se não tivesse sido este casal de pinguins macho, o pequeno pinguim estava condenado. Este é já o segundo ovo que Jumbs e Kermit tentam chocar, uma vez que o primeiro não eclodiu.

A cria ainda não tem um nome. Tradicionalmente, os tratadores esperam algum tempo depois do nascimento dos animais para se assegurarem de que sobrevive antes de lhes darem o nome. De acordo com os tratadores do Wingham Wildlife Park, o animal está a evoluir favoravelmente e deverá sobreviver às primeiras semanas de vida.

Se o animal sobreviver, o parque deverá organizar uma competição através do Facebook para a escolha do nome da nova cria, à semelhança como fez com outros animais.

Jumbs e Kermit juntaram-se em 2012, deixando duas das fêmeas do parque sem parceiro. Isobel, uma outra fêmea põe ovos todos os anos. Contudo, o seu parceiro recusa-se a chocar o ovo e esta fêmea acaba por ter de abandonar o ovo para se poder alimentar.

Este ano, a mesma situação voltou a acontecer e os tratadores resolveram dar o ovo a Jumbs e Kermit. “Apesar de não estarem aptos para se reproduzirem, demos-lhes um ovo este ano, que foi abandonado por uma das nossas fêmeas”, explicam um dos tratadores. “Kermit e Jumbs chocaram o ovo e a cria, com um mês, mostra que estes pinguins são excelentes pais adoptivos e mesmo dos melhores que já aqui tivemos no parque”.

Publicado em BiodiversidadeComments (0)

As melhores fotos subaquáticas do mundo (com FOTOS)


Quase oito mil fotógrafos participaram no concurso da undewaterphotography.com que, como o próprio nome indica, julga as melhores imagens subaquáticas do mundo. O concurso está dividido em 17 categorias – todas como o mesmo denominador comum.

As fotos que partilhamos aqui foram quase todas trabalhadas meticulosamente, até porque o concurso tem uma respeitada reputação – o site tem uma comunidade de mais de 20 mil membros activos, sendo a referência no que toca à fotografia subaquática.

Fundado por Benny Sutton em 1996, o site arrancou numa altura em que a internet ainda estava na sua infância. Numa fase inicial, ele consistia sobretudo das imagens e artigos de Sutton.

À medida que as tecnologias e as competências de Ben aumentaram, o site tornou-se mais interactivo e ganhou seguidores. A primeira competição de fotos data de 1998 – alguns dos grandes fotógrafos subaquáticos do mundo começaram aqui a sua carreira.

Hoje, o underwaterphotography.com lidera a informação e fotografias relacionadas com o mundo subaquático. Veja algumas das fotos vencedoras do concurso deste ano.

Publicado em CulturaComments (0)

Recomendações

Blogroll