Marca de maionese vegan já se pode identificar como… maionese

A marca norte-americana de maionese vegan, Just Mayo, pode finalmente identificar-se como… maionese. Vendida no México, Japão e Estados Unidos, onde é a maionese exclusiva das lojas de conveniência 7-Eleven, a Just Mayo foi criticada pela Unilever, que a processou por alegar que, uma vez que é feita sem ovos, a marca vegan não é realmente uma maionese.

A intenção da Unilever acabou por gerar uma onda de contestação à própria multinacional anglo-holandesa, que desistiu do caso.

Mais tarde, através de uma lei de acesso à informação, descobriu-se que o FDA (Food & Drug Administration), departamento que regula a comercialização de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos, estava a tentar tirar a Just Mayo de circulação, pelo mesmo motivo.

Segundo o ANDA, a Just Mayo venceu esta nova disputa e terá apenas de fazer algumas alterações na sua etiqueta, informando os consumidores de forma mais clara de que o produto não contém ovos. Permanecerá, contudo, maionese.

Josh Tetrick, CEO da empresa, já disse que iria capitalizar estas duas vitórias, passando a enfatizar apalavra Just – que em inglês pode significar “apenas” ou “justo”, o adjectivo de justiça. A partir de agora, é nesse segundo significado que o marketing da empresa se vai focar.

A mediatização destes dois processos, aliás, ajudaram a fazer crescer a empresa, que já vende mais no popular Walmart do que Whole Foods, um supermercado que disponibiliza produtos biológicos a um público mais elitista.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php