odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Tag Archive | "recursos naturais"

Planetas distantes podem ajudar-nos a perceber o que vai acontecer aos nossos Oceanos


Se quisermos olhar para o futuro dos Oceanos, deveremos também perceber o que se passa nos outros Planetas. Sucintamente, é esta a teoria defendida por Jaz Zalasiewicz e Mark Williams, do Departamento de Geologia da Universidade de Leicester, no Reino Unido, que acabaram de publicar o livro “Ocean Worlds: The Story of seas on Earth and Other Planets”.

Segundo os autores, as massas de águas existentes debaixo de quilómetros e quilómetros de gelo existentes noutros Planetas podem dar-nos pistas sobre o que acabará por acontecer aos nossos mares.

O livro explora a história dos oceanos da Terra e o que as novas descobertas nos estão a dizer sobre seu futuro. Para além do futurismo baseado nos Planetas, o livro aborda ainda o impacto humano no nosso Oceano, a sobrepesca e a poluição, que colocam em risco este recurso precioso.

De acordo com os autores, o mundo mudou tanto que estamos agora numa nova época, em que o consenso é real: o chamado antropoceno vai parecer muito diferente para geólogos do futuro do que era antes dele.

“Sabemos dos possíveis oceanos em Vénus, e provavelmente daqueles em Marte, assim como dos mares que estão debaixo do gelo nas luas de Saturno e Júpiter, e os mares da lua Titã. Eles dizem-nos como poderá ser o estado de vários Oceanos da Terra e como eles poderão mudar com o tempo, ou desaparecer,” explicou Williams ao Daily Telegraph.

Foto: Kevin Dooley / Creative Commons

Publicado em Recursos NaturaisComments (0)

A norte-americana que gosta de vandalizar os parques naturais (com FOTOS)


O que leva uma cidadã norte-americana de talento duvidoso a percorrer alguns dos mais icónicos parques naturais daquele País e vandalizá-los com desenhos pouco criativos – ainda por cima utilizando tinta acrílica?

A pergunta não tem resposta, até porque Casey Nocket permanece incontactável e, alegadamente, sob investigação das autoridades, mas o mais cruel parece ser a forma como esta cidadã norte-americana consegue encontrar motivos para sorrir e até assumir-se como “má pessoa”, devido aos seus actos.

Esta história começou quando Rebecca Sowards-Emmerd, do blog Calipidder, reparou num post de Casey Nocket no Facebook, um cidadã que viajou desde Nova Iorque até à costa oeste há algumas semanas e tem passado muito do seu tempo em parques naturais norte-americanos, pintando vários desenhos sobre a paisagem protegida.

A história chegou então ao Modern Hiker, que lhe deu um élan nacional e colocou Nocket nos olhos da opinião pública norte-americana. Então, através da sua conta de Instagram, ficámos a saber que os desenhos da norte-americana foram “vistos” em Yosemite, Crater Lake ou até no Vale da Morte.

Alguns dias mais tarde, novos desenhos apareceram em Carrizo Plain National Monument, Sequoia, Bryce, Zion, Grand Staircase-Escalante, Grand Canyon, Canyonlands, Rocky Mountain e Joshua Tree National Parks.

Segundo o Modern Hiker, é impossível perceber quantos desenhos terá Casey Nocket deixado na paisagem, mas as imagens são deixadas em tinta acrílica e não giz. O Modern Hiker avisa que Casey será punida por vandalismo assim que as autoridades a conseguirem contactar, e será apenas uma questão de tempo até tal acontecer, a julgar pela quantidade de fotos que a cidadã tem publicado nas redes sociais. Veja algumas delas.

Publicado em Recursos NaturaisComments (2)

A nova e assustadora moda de saltar da rocha mais famosa do mundo (com FOTOS)


Será Trolltunga a rocha mais famosa do mundo? Se não for a mais famosa é, certamente, uma das mais famosas e é isso que assumimos nesta notícia. O mais importante, porém, não é uma avaliação de notoriedade desta rocha norueguesa, mas sim o que vários dos seus visitantes estão a fazer nela.

De acordo com o Daily Mail, Trolltunga, que já é um local de romaria para quem gosta de emoções fortes, passou a ser sinónimo de perigo a dobrar. Explicamos melhor: uma das novas tendências dos turistas é saltar para a foto neste penhasco situado 700 metros acima do lago de Ringedalsvatnet.

Formada há 10.000 anos, durante o final da Época do Gelo, a rocha parece sólida – mas os seus visitantes é que parece que não. Segundo um guia local, a rocha não qualquer tipo de rede ou protecção, e os turistas costumam tentar tirar a mais espectacular foto de sempre, muitas vezes colocando em risco a sua própria vida.

Se tem vertigens, então não veja a nossa galeria abaixo. Se é dos que gosta de aventura, então pense duas vezes antes de saltar desta maravilha da natureza que, ainda assim, fica suficientemente longe dos grandes centros urbanos para receber a horda de turistas que estes costumam apadrinhar. Para chegar à língua do Troll é preciso uma caminhada de oito horas, sendo que o monumento só está disponível entre Junho a Setembro.

Publicado em Recursos NaturaisComments (0)

As grutas geladas do Wisconsin (com FOTOS)


O Wisconsin é um dos mais belos estados norte-americanos e, na verdade, não nos pára de surpreender dia após dia, qualquer que seja a estação do ano. É um lugar gelado frio e congelado, como já dizia Bon Iver. É o caso das grutas da ilha Apostle, em pleno Lago Superior, cujas cataratas congelam no Inverno e que recebem mais de 150 mil visitantes por ano.

Estas maravilhas geológicas permitem aos seus visitantes explorar uma quantidade muito grande de formações, quase todas congeladas. A ilha foi aberta aos turistas no Inverno de 2009, e desde então as visitas não param de crescer – o National Park Service, responsável pelo local, vai subir as entradas de €2,3 (R$ 7,3) para €3,9 (R$ 12,2), alegando que não tem forma de gerir os custos das expedições, que são quase três vezes superiores às receitas.

A visita permite entrar no parque e ver as grutas de gelo. Estas também abrem de Verão e podem ser acedidas de caiaque, mas é no Inverno que todo o seu esplendor sobressai. Veja algumas imagens do local.

Publicado em Recursos NaturaisComments (0)

China está de olho em €41 mil milhões de solos raros da Grécia


Depois da América do Sul e África, a invasão chinesa chegou à Europa. Segundo o International Business Times, um grupo de investidores chineses visitou a Grécia no início de Setembro para expressar a sua intenção de explorar as grandes reservas de terras raras do país.

De acordo com o Planeta Sustentável, a Grécia é um dos cinco países europeus com reservas de terras e minerais raros – os outros são a Suécia, Finlândia, Noruega e Dinamarca. O solo grego teria €41 mil milhões (R$ 125 mil milhões) nestes recursos. Grande parte dos elementos encontram-se a norte do Mar Egeu e na Trácia.

As chamadas “terras raras” são um grupo de 17 elementos metálicos que podem ser usados em catalisadores, refino de petróleo, TV, telemóveis, portáteis, baterias recarregáveis em carros híbridos e eléctricos, turbinas eólicas, equipamentos médicos, sistemas fotovoltaicos, satélites de defesa e outros produtos.

Nos últimos tempos, a Grécia começou dois programas de pesquisa nas áreas a serem exploradas. O país ainda não divulgou detalhes de seus estudos, e deverá ser por isso que o grupo de investidores se deslocou até Atenas.

Os metais incluem neodímio, disprósio, lantânio, escândio, gadolínio, túlio e lutécio. A China já se encontra em posição estrategicamente favorável por ter a maior quantidade destes elementos em seu solo no mundo – 95% das reservas estimadas.

Isto confere ao país uma grande alavancagem política – até porque a economia, e sobretudo a de baixo carbono, depende deles.

Publicado em Recursos NaturaisComments (0)

Grande tempestade fustiga Sydney (com FOTOS)


Cerca de oito mil habitações de Sydney e subúrbios ficaram sem energia neste final de tarde, devido a uma gigantesca tempestade que está a provocar bastantes danos na cidade australiana.

Segundo a imprensa australiana, a cidade prepara-se para receber outras várias tempestades nas próximas horas e durante todo o dia de amanhã. Uma das regiões da cidade, Richmond, viu a temperatura baixar 8,6 graus em apenas dez minutos.

À medida que a tempestade se moveu para outras partes da cidade, os relâmpagos sucediam-se e a chuva intensa provocou o pânico nos locais. Um cidadão partilhou no Twitter que uma árvore caiu num comboio, obrigando-o a parar e a adiar as sucessivas viagens.

Veja algumas das fotos da cidade.

Publicado em Recursos NaturaisComments (0)

Recomendações

Blogroll