Como ganhar dois quilos numa única semana?

Uma semana de exageros não tem repercussões preocupantes na vida saudável de uma pessoa activa. Mas, segundo o El País, a balança é capaz de acusar um pouco mais de peso. E a culpa é da Lei da Conservação da Massa: “A energia não se cria, nem se destrói, mas transforma-se. E, neste caso, fá-lo sob a forma de gordura”, explica Ángel Gil, professor catedrático de Bioquímica e Biologia Molecular da Universidade de Granada e presidente da Fundação Iberoamericana de Nutrição.

Tendo em conta que, em média, um adulto deve consumir entre 2,000 e 3,000 calorias por dia, um aumento de mil calorias na dieta diária convertem-se numa massa entre 60 e 80 gramas. E o limite é muito fácil de ultrapassar. Por norma, a tendência das pessoas é de acrescentar 1500 calorias à sua dieta diária. Segundo as contas do agregador O Meu Bem Estar, ao fim de uma semana poderemos estar a falar de mais 10.500 calorias, o que equivale a 1 ou 2 quilos a mais.

Por isso, deve manter-se o equilíbrio entre as calorias que se consomem e aquelas que se queimam na atividade diária. O conselho chega do Centro do Controlo e Prevenção de Doenças. A par de uma dieta equilibrada, convém manter atividade física durante duas horas e meia por semana.

E uma semana de exageros obriga a duas semanas de exercício intensivo para conseguir regressar ao peso inicial. “O organismo armazena gordura rapidamente para poder servir-se dela em caso de necessidade”. Quando alguém entra em dieta, obrigada o corpo a processar a gordura armazenada, conforme explica Luis Serra Majem, presidente da Fundação para a Investigação Nutricional.

O início da dieta apresenta resultados mais evidentes porque o que se perde em primeiro lugar é a água. Mas o processo de diminuição de peso é mais complexo para pessoas obesas. A resposta está sempre no metabolismo basal, que tem por princípio a energia que alguém precisa em estado de repouso para que todos os seus sistemas funcionem normalmente. Este processo consome 70% da energia que armazenamos.

Foto: davidd / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores