Probabilidade de um novo El Niño no Outono sobe para os 80%

O Climate Prediction Center e a Columbia University’s International Institute for Climate and Society lançaram uma nova previsão climatológica onde sublinham a existência de 80% de probabilidade de ocorrer um novo fenómeno do El Niño no próximo Outono. Normalmente, este tipo de eventos meteorológicos desenvolve-se durante a Primavera e o Verão e atingem a sua força máxima no final do Outono e início do Inverno.

Em linha com este estudo, a nova previsão indica ainda que as probabilidades de um evento El Niño situam-se acima dos 65% já neste verão e as probabilidades desse mesmo evento aumentam para 78% entre Outubro e Janeiro do próximo ano, refere a Mashable.

Os eventos El Niño e La Niña referem-se a flutuações nas condições atmosféricas e oceânicas no Pacífico tropical. Um El Niño é caracterizado por temperaturas da superfície do mar mais quentes que a média nas regiões centrais e a leste do Pacífico equatorial, provocando um aquecimento da atmosfera e aumentando as temperaturas globais. Uma vez que este aquecimento anormal se junta ao aquecimento global já existente provocado pelos gases com efeito estufa, um El Niño pode conduzir a anos mais quentes. 1998 e 2005 foram anos em que se registaram fenómenos El Niño e foram também anos em que se registaram temperaturas mais elevadas.

O El Niño ocorre em média a cada três a sete anos e altera os padrões meteorológicos de todo o planeta, provocando precipitação intensa no inverno em algumas partes do Ocidente e assim como secas severas em algumas partes do Pacífico. Este fenómeno pode também alterar os padrões de pluviosidade no leste de África, influenciando a quantidade de alimento disponível tanto para a vida selvagem como para as populações.

De acordo com a última actualização sobre o El Niño, as temperaturas do mar no Pacífico equatorial começaram a aumentar depois da ocorrência de uma onda subaquática de calor, conhecida como Onda Kelvin. Esta Onda Kelvin levou a anomalias de um aumento das temperaturas da superfície do mar no centro e leste do Pacífico em Abril e a água do subsolo começou já a ascender à superfície do oceano, o que vai ajudar a desencadear um fenómeno de El Niño.

Foto:  ** RCB ** / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php