Sistema de limpeza dos Oceanos vai ser instalado no Mar do Norte no Verão de 2016

2016: o ano da limpeza dos mares

O sistema revolucionário que recolhe todo o lixo que existir numa longa extensão de mar e oceano, denominado Ocean Ceanup e inventado por Boyan Slat quando tinha apenas 19 anos, vai ser estreado oficialmente no Verão de 2016 a cerca de 23 quilómetros da costa holandesa, no Mar do Norte.

A The Ocean Clenup Organisation vai instalar uma barreira de 100 metros naquela zona específica do Mar do Norte, que terá a função de recolher sacos de plástico, garrafas e outros resíduos, plásticos ou não, que lá se encontrem.

O sistema recolhe o lixo de forma passiva, permitindo desta forma aos animais – como golfinhos, focas ou mesmo peixes – passarem em segurança. “Será a primeira vez que o design da nossa barreira será testado em águas livres”, explicou a fundação num comunicado publicado pelo Daily Mail.

“O principal objectivo do teste do Mar do Norte é monitorizar os efeitos das condições do mar a todo o momento, com o foco nas ondas e correntes”, continuou a organização, que adiantou ainda que todo o sistema será monitorizado por câmaras e sensores.

Boyan Slat começou a desenvolveu o mecanismo em 2013, tendo contado posteriormente com o apoio de uma vasta equipa de engenheiros e cientistas. O Ocean Cleanup consiste numa plataforma flutuante que se move pelo oceano e aproveita as principais correntes marítimas para concentrar os detritos de plástico para posterior recolha. O sistema permite armazenar até 3.000 metros cúbicos de plástico de cada vez – o que equivale a uma piscina olímpica – num único local.

O Ocean Cleanup é também uma plataforma completamente auto-sustentável, que combina as tecnologias com o ambiente e que se alimenta através de sistemas de produção de energia solar e da força das correntes marinhas.

Deixar uma resposta

Patrocinadores