Aos 93 anos, avó Irma largou tudo e foi para África fazer voluntariado num orfanato

no images were found

Quem olha para a fotografia desta senhora num aeroporto, a transportar uma pequena mala vermelha, não imagina que ela está a partir para realizar um sonho há muito desejado. Aos 93 anos, a Avó Irma deixou o conforto da sua casa em Milão e partiu rumo a África para, de forma voluntária, levar carinho e amor às crianças de um orfanato.

Na companhia da filha, a avó Irma irá levar sorrisos e abraços a crianças que vivem sem reconhecer a doçura do beijo dos pais nem sentir o abraço apertado ao adormecer.

A história da avó Irma ganhou fama, quando a neta Elisa Coltro publicou no Facebook o orgulho imenso de ter uma avó que, numa idade que já pede descanso e tranquilidade, abdicou de todas mordomias em troca de um sorriso sincero de uma criança.