Eslovenos estão a decorar arame farpado anti-refugiados com bolas de Natal

No sábado, a Eslovénia instalou uma rede de arame farpado para controlar o fluxo de migrantes em Bela Krajina, na fronteira com a Croácia, uma decisão que não agradou à população local de nenhum dos lados da fronteira.

Com a aproximação da época festival natalícia, os cidadãos eslovenos e croatas decidiram protestar com a medida colocando ornamentos de Natal – sobretudo bolas – com as cores da União Europeia, azul e dourado, na rede.

De acordo com o site 24ur, a construção da rede chocou ambas as populações locais, que vêem no arame farpado uma ameaça ao turismo e actividades de lazer da região, como a pesca. Entre as cidades de Rupa e Pasjak, as populações foram mais longe e destruíram parte da rede.

Para além de impedir a passagem de pessoas, o arame farpado já matou vários animais selvagens, ainda que tenha sido colocado há pouco tempo.

Eslovénia, Hungria e Áustria são alguns dos países que decidiram proteger as suas fronteiras com arame farpado, para controlar e diminuir o fluxo de refugiados. De acordo com Miro Cerar, primeiro-ministro da Eslovénia, a cerca é uma medida “temporária” para evitar a chegada “descontrolada” de refugiados e proteger a população local.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php